HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda à Sexta das 7:30hrs as 21:30hrs e aos sábados das 8:00hrs às 17:00hs

  • LinkedIn ícone social
  • Blogger Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
Nossas Redes Sociais

Rua Emílio Mallet, 1377 - Tatuapé - SP

Tel: 11-2609.7396

DISCALCULIA OU TRANSTORNO DA MATEMÁTICA

Distúrbio neurológico, cuja característica primordial consiste em uma capacidade para a realização de operações aritméticas, de cálculo e raciocínio matemático acentuadamente abaixo da esperada para a idade cronológica, inteligência e escolaridade do indivíduo. Esta dificuldade interfere significativamente no rendimento escolar ou em atividades da vida diária que exijam habilidades matemáticas. 
 

**Algumas especificidades do transtorno:

  • Dificuldade para montar operações e/ou seguir o passo a passo nas contas

  • Dificuldade para memorizar tabuada e compreender conceitos matemáticos em geral

  • Dificuldade para entender princípios de medida,

  • Dificuldade para relacionar o valor de moedas 

  • Dificuldade em operar quantidades numéricas ou na leitura de números

  • Dificuldade para compreender e resolver situações problema

  • Dificuldade para compreender ou nomear termos, operações ou conceitos matemáticos 

  • Dificuldade para reconhecer ou ler símbolos numéricos ou aritméticos e/ou agrupar objetos em conjuntos

  • Dificuldade nas habilidades de "atenção" como copiar de forma incorreta números ou cifras, dificuldade para lembrar de somar os números "elevados" e/ou para observar sinais de operações (errando contas

  • Dificuldade em alinhar os numerais nas contas verticais

  • Dificuldade em entender e utilizar conceitos e fórmulas matemáticas

  • Desempenho instável em relação aos cálculos aritméticos, ora consegue fazer ora tem dificuldade

  • Dificuldade em cálculo mental. 


Importante ressaltar que essas crianças não apresentam deficiência intelectual ou déficits visuais e auditivos. Não está relacionado também ao processo de escolarização, fracasso escolar ou inadequação pedagógica.

**Consequências do transtorno:

As crianças poderão apresentar medo de enfrentar novas experiências de aprendizagem, apresentar baixa autoestima, pouca confiança em seu potencial, apresentar comportamentos inadequados como tornar-se agressiva, apática ou desinteressada.
Ladislav Kosc descreveu seis tipos de discalculia: a discalculia léxica, discalculia verbal, discalculia gráfica, discalculia operacional, discalculia practognóstica e discalculia ideognóstica.

• Discalculia léxica: dificuldade na leitura de símbolos matemáticos;
• Discalculia verbal: dificuldades em nomear quantidades matemáticas, números, termos e símbolos;
• Discalculia gráfica: dificuldade na escrita de símbolos matemáticos;
• Discalculia operacional: dificuldade na execução de operações e cálculos numéricos;
• Discalculia practognóstica: dificuldade na enumeração, manipulação e comparação de objetos reais ou em imagens;
• Discalculia ideognóstica: dificuldades nas operações mentais e no entendimento de conceitos matemáticos.

O diagnóstico deve ser realizado por profissional especializado, normalmente em avaliação neuropsicológica ou psicopedagógica. Desta forma, será possível encaminhamentos necessários, tratamento adequado, orientação familiar e escolar.