Fisioterapia Pélvica

A  Fisioterapia Pélvica é uma área da Fisioterapia especializada na saúde da mulher e também do homem.

 

Atua na prevenção e/ou tratamento de todas as disfunções que afetam o assoalho pélvico.


Quando a musculatura está enfraquecida, tensionada ou lesionada, algumas disfunções podem aparecer. As principais disfunções tratadas pela fisioterapia pélvica são:


* Incontinência urinária: é a incapacidade de controlar a eliminação de urina. Perda de urina quando tosse, espirra ou pratica atividade física.

* Incontinência Fecal:  incapacidade de manter o controle fisiológico de fezes em local e tempo socialmente adequados.

*Constipação: frequência Intestinal, menor que três vezes na semana, esforço evacuatório doloroso, sensação de evacuação incompleta, dor abdominal e manobra manual para auxilio da defecação. Pode ser associado a incontinência fecal por transbordamento.


* Disfunção sexual: As disfunções sexuais mais frequentes nas mulheres são o vaginismo (contração involuntária da vagina, impossibilitando o ato sexual, exames ginecológicos, uso de absorventes internos); anorgasmia (dificuldade ou incapacidade de atingir o orgasmo), dispareunia (dor durante o ato sexual).


* Gestação e parto: durante a gravidez, os músculos do assoalho pélvico sofrem uma maior pressão porque sustentam, além dos órgãos pélvicos, o bebê e os anexos embrionários. A Fisioterapia pélvica atua no preparo do assoalho pélvico para o parto, a fim de um parto sem lacerações perineais e sem disfunção no pós parto. Além disso, também trabalha com prevenção e reabilitação da diástase abdominal.


* Menopausa: com a chegada da menopausa, as alterações hormonais podem trazer dificuldade no prazer e na relação sexual. Muitas vezes ligado a perda da lubrificação natural vaginal, a mulher tem dores e desconfortos na relação sexual. A fisioterapia pélvica tem recursos que melhoram a atividade sexual da mulher neste período.


* Pompoarismo: conhecido como uma forma de conhecer o próprio corpo e aumentar o desejo sexual, o pompoarismo é uma técnica de fortalecimento e conscientização corporal que traz inúmeros benefícios sexuais e fisiológicos, como diminuição da cólica menstrual por exemplo.

Equipamentos/ Técnicas utilizadas:

Biofeedback: utilizado nos casos de incontinência urinária e dores nas relações sexuais. O paciente realiza a contração ou relaxamento do assoalho pélvico e o aparelho acende luzes, dando um feedback visual do funcionamento do períneo.

Ultrassom: utilizado em casos de dores vaginais, ajuda na modelação do tecido conjuntivo.

Neuromodulação: realizada com aparelho Dualpex 961, utilizada em casos de urgência miccional.

Eletroestimulação intravaginal: utilizada em casos de fraqueza do assoalho pélvico, descartável.

Cones Vaginais: Utilizado para a propriocepção e fortalecimento do períneo. Cada Cone tem um peso, e é utilizado de forma gradativa, e associado a movimentos.

 

 

 

Dilatadores vaginais: Utilizados no tratamento para tensionamento do assoalho pélvico, muito presentes em casos de dores na relação sexual. Ele alonga progressivamente os músculos vaginais, mas não se preocupe, você não sentira flacidez, ou qualquer outra alteração na região, apenas diminuição do espasmo muscular local.

Exercitador de Pré-parto Quark: Utilizado para preparação do períneo para o parto vaginal.

fisio7.jpg
fisio4.jpg
fisio3.jpeg
fisio 5.jpg
fisio2.jpeg
fisio1.jpeg